Zufrieden?

A comida alemã é caracterizada por sua energia e valor calórico e é muito distinta em cada região do país. O forte consumo de carnes é comum, já que é um país com muitas pastagens e por todas as regiões há rebanhos bovinos, ovinos e suínos. Quase a metade do consumo de carne na Alemanha é feita em forma de embutidos. São mais de 1.500 tipos diferentes de salsichas! Outra característica são as carnes de caça, especialmente a de javali, coelho e veado, facilmente encontradas no mercado.

Entre as aves, a carne de galinha é a mais popular, embora o pato, o ganso e o peru tenham conquistado o gosto dos alemães. Quanto aos peixes, a truta é o mais consumido. Peixes e frutos do mar são restritos às áreas costeiras, mas foram incorporados aos pratos do dia-a-dia: destaques para a sardinha, atum, cavalinha e salmão.

A cenoura, nabo, espinafre, ervilha, feijão e vários tipos de repolho são muito consumidos, geralmente em ensopados ou sopas. O aspargo – Spargelzeit- é uma febre nacional, servido em diferentes receitas e até mesmo como prato principal. Já a cebola frita é um acompanhamento básico às carnes, também servida com batatas, na forma de purê e salada – Kartoffelsalat.  

As frutas frescas, como maçã, ameixa, morango e cereja, são matéria-prima dos deliciosos doces e bolos, sem contar o chocolate: quente, frio, em barras ou nas receitas de bolos e tortas.

Nos cafés e tabernas de várias regiões servem-se a verdadeira culinária germânica, já nos bares, o forte é a comida caseira, oferecida com cerveja ou vinho. Nas cervejarias é possível experimentar algumas iguarias típicas, como pé de porco – Schweinefüsschen.

A cerveja é a bebida mais popular e não há nenhuma cidade que não tenha sua própria destilaria. O chopp, para os que ainda não sabem, vem do alemão schopp – uma medida de volume que equivale a 300 ml. – e que com o tempo passou a designar a bebida. Uma palavra bem simples de pronunciar e que com bina perfeitamente quando acompanhada com schweinehax’n (pernil de porco), blaukraut (repolho roxo), grützwurz (lingüiça de sêmola) ou com uma simples porção de knödel (bolinhos de batata) para deixar qualquer um zufrieden – satisfeito!


Doces…

Torta alemã

250 g de manteiga sem sal, 2 xícaras médias de açúcar, 2 gemas, 1 lata de creme de leite, 500 g de bolacha maisena, 1 cálice de conhaque.

Cobertura: 1 xícara de açúcar, 3 colheres (sopa) de margarina, 3 colheres (sopa) de chocolate em pó, 3 colheres (sopa) de leite.

Na batedeira, bata a margarina, o açúcar, as gemas e o creme de leite sem soro (reserve o soro) até a massa ficar homogênea. Unte uma fôrma redonda, do fundo removível. Umedeça a bolacha no conhaque e no soro do creme de leite. Cubra o fundo e as laterais da fôrma com a bolacha úmida. Preencha a fôrma com a mistura da batedeira e cubra com uma camada de bolacha. Leve à geladeira por 3 h. Para a cobertura, misture todos os ingredientes e leve ao fogo médio até obter a consistência de um creme. Desenforme a torta e cubra com o creme. 

…Salgado

Sopa de frutas

3 pêras, 2 tabletes de carne dissolvidos em 1 litro de água, 3 xícaras (chá) de água, folhas de agrião a gosto, suco de 1 limão, 1 xícara (chá) de vinho branco, 1 lata de creme de leite.

Lavar, descascar e cortar as pêras em quartos, tirando o miolo. Reservar a casca e o miolo. Desengordurar* o caldo de carne e juntar os pedaços de pêras. Deixar macerar 20 minutos. Fazer um purê. À parte cozinhar as cascas e os miolos das pêras na água. Coar e juntar o agrião picado. Ferver ligeiramente e misturar ao purê. Acrescentar o suco de limão e o vinho branco. Antes de servir, acrescentar o creme de leite.
Esta sopa pode ser feita com outras frutas, como pêssegos, morangos, melões, damascos e ameixas. Rendimento: 12 unidades

* Para desegordurar o caldo, coloque-o para gelar. A gordura ficará por cima. Retire-a, então, com uma colher ou faca.