Exótico Paladar

A culinária indiana é a terceira mais popular do mundo. É baseada nos mesmos conceitos milenares de equilíbrio e harmonia que formam a base da filosofia do Yoga e ensina que cada ato na vida, inclusive o de comer, deve ser um processo consciente que proporcione a integração do ser como um todo. 

Para isso, os indianos desenvolveram uma culinária sensorial em relação a sabores e cores. As receitas relacionam seis sabores a seis paladares: doce, salgado, amargo, picante, azedo e adstringente que, combinados com cores, aromas, texturas e temperaturas dos ingredientes e a uma infinidade de especiarias, despertam os sentidos da visão, olfato, paladar, audição e tato. Para os indianos, sabores e sentidos equilibrados – que em sânscrito significa a mesma palavra: “rasa” -, geram sentimentos equilibrados. Para cada sabor existe uma mistura diferente de ervas, sementes e flores que estão associados aos diferentes paladares. 

As especiarias são essenciais na comida indiana. Textos datados de três mil anos atrás reconhecem seus valores terapêuticos, especificando preventivo e curativo de doenças, e catalogando suas propriedades medicinais que suavizam, esfriam ou aquecem o organismo. Dependendo do tipo de tratamento, elas requerem diferentes técnicas de manipulação: tostadas, cruas e inteiras, socadas ou moídas. O tratado de medicina indiana recomenda, por exemplo a pimenta do reino como ingrediente dos medicamentos que curam problemas digestivos, e a cúrcuma é considerada um potente anti-séptico que combate infecções.

A culinária indiana é cremosa e criativa. As frutas tropicais são parte das mais variadas receitas, como o “Biryani” ( Frango e cordeiro acompanhado de arroz cozido com laranja, temperado com açúcar e água de rosas,). O coco é um ingrediente importante da cozinha do sul da Índia, onde a base da alimentação é o arroz. Na costa oeste, há uma grande variedade de peixes e mariscos.  Ao norte é muito comum receitas com iorgute e tortas.  O chá é a bebida favorita dos indianos, e suas variedades são famosas em todo o mundo. Geralmente, são preparados à moda inglesa , com açúcar e leite. Já o café é mais popular no sul.   

Os principais doces são pudins feitos com leites, tortas e crepes. Em toda a Índia, pode-se saborear o Kulfi ( um sorvete típico indiano ), Rasgullas ( bolas de creme de queijo com sabor de água de rosas ), Gulan Jamuns ( farinha e leite com xarope doce ) e Jalebi 

( lentilhas fritas, banhadas em caramelo). 

O exótico paladar indiano trouxe à culinária Ocidental a descoberta de novos gostos e novas terras: Cabral buscava outros caminhos para as Índias , quando descobriu o Brasil!


Doce…

Bolo de Maçã Indiano

2 xícaras de farinha branca, 1 xícaras de farinha integral, 2 xícaras de açúcar mascavo, 2 colheres de chá de fermento químico, 1 colher de chá de canela em pó, 1/3 xícaras de leite, 4 xícaras de castanhas picadas, 4 maçãs picadas em quadrados. 

Misture todos os ingredientes, com uma colher de pau, na ordem da lista. A massa deverá ficar grossa como se fosse massa de pão. Unte uma fôrma pequena com buraco, coloque a massa com a ajuda de uma colher. Asse em forno médio por 50 minutos.

…Salgado

Frango Indiano

2 dentes de alho, caldo de frango, 1  cebola, 2 colheres de sopa  de coentro, 1 colher de sopa de curry, 500 gramas de  frango (peito),  2 fatias  gengibre, 1  xícara de leite de coco, 3 colheres de sopa de manteiga, 3 colheres de massa de tomate, sal a gosto e1 colher de sopa de sumo de limão.

Depois de cozer o frango corte-o aos cubos, frite-o em óleo e reserve. Na mesma panela, coloque a manteiga e frite o alho esmagado, a cebola em puré, o gengibre picadinho e o curry. Junte o caldo, a massa de tomate, o sumo de limão, o frango, o leite de coco e o sal e deixe levantar fervura. Conte 1 minuto, desligue o lume e junte os coentros picados.

Purê de Cenoura

2 colheres de sopa  açúcar, água, 1 cebola pequena, 1 kg  cenoura, 3 colheres de sopa  manteiga, 100 ml de nata,  1 colher de café noz-moscada, sal a gosto, 4 sementes de cardamomo.

Numa panela doure as cenouras raladas na manteiga com o açúcar, a cebola picada e um pouco de água. Deixe ferver, mexendo sempre, até as cenouras estarem completamente cozidas e formarem uma pasta grossa. Junte a noz-moscada e o cardamomo, sem parar de mexer. Quando estiver bem cozido junte as natas e deixe cozer por mais alguns minutos. Tempere com sal a gosto. Deixe esfriar e decore com amêndoas laminadas.