Prof. José Cretella Júnior

Aos 88 anos, o renomado professor de direito do Largo São Francisco, escritor de uma centena de títulos e ocupante da Cadeira n° 1 da Academia Paulista de Letras, relembra conhecidas personalidades, compara o ensino de ontem com o de hoje, comenta suas obras mais marcantes, avalia a atual conjuntura jurídica do país e, como morador, apaixonado há mais de 50 pela Vila Mariana e por sua esposa Agnes, conta sua história de amor para a vida inteira.

Pedaço da Vila: Como surgiu sua paixão pelo Direito?
José Cretella Jr.:
 Primeiramente, me formei em 1941 na Faculdade de Filosofia da USP. Mas, naquela época, percebi que todos nós precisávamos do direito para nos proteger, isto até antes de nascer e depois de morrer. Todos nós somos envolvidos pelo direito. Aí, resolvi fazer o curso para uso próprio e, em 1946, ingressei como estudante no Largo São Francisco. Foi onde conheci minha esposa Agnes.
Só de casamento temos 58 anos!

P.daVila: Por que escolheu a especialização em Direito Administrativo?
J.C.: Porque comecei a gostar dessa área, a lidar com licitações, desapropriações e tombamentos. Era um direito de poucos cultivadores naquela época e me especializei nisso.

P.daVila:O sr. acha importante a preservação da arquitetura da cidade?
J.C.: Atuei em alguns poucos processos de tombamento. No direito administrativo, lidava mais com desapropriações. Mas acho importante a questão da preservação do patrimônio e sou a favor do tombamento de locais com traços históricos.

P.daVila: O senhor foi renomado titular dessa cadeira na USP. Discorra um pouco sobre sua atuação acadêmica.
J.C.: Logo após me formar em direito, abri um escritório de advocacia, mas pouco tempo depois, prestei concurso público para livre docência e para catedrático. Com minha formação de filosofia, comecei no direito dando aulas de português e latim. Depois, lecionei durante 25 anos como catedrático único em direito administrativo do Largo São Francisco. Só parei de dar aula por causa da chamada aposentadoria compulsória. Fui obrigado a encerrar a carreira de professor em 1990, aos 70 anos. Quando docente, também escrevi vários livros, ministrei conferências e palestras em universidades de todo o Brasil. Aliás, participei da fundação de algumas faculdades de direito, como em São Bernardo do Campo e em São José dos Campos, existentes até hoje. Atualmente, ainda faço traduções em geral sobre direito para uma editora. Traduzi livros como a “Revista dos Tribunais”, “O Príncipe”, de Maquiavel”, “A Cidade Antiga” e “O Contrato Social”, de Russeau.

P.daVila: Quantos livros o senhor já publicou e em quais segmentos do direito?
J.C.:
 Foram mais de 100 livros sobre as ciências jurídicas, a maioria em geral do direito administrativo, mas também sobre direito processual civil e filosofia do direito. Além disso, escrevi muitas monografias, artigos e pareceres jurídicos, nesse último caso como consultor. E, como filósofo, fui autor de obras de português e latim com mais de 100 edições produzidas.

P.daVila: Qual a diferença do aluno de ontem para o de hoje?
J.C.: Na época em que eu dava aula era diferente. Todos os alunos ficavam de pé quando o professor chegava na sala e só sentavam depois do docente. Para fazer uma pergunta, levantavam a mão. Havia mais respeito, seriedade e disciplina. Antigamente era mais fácil ensinar. Os alunos eram melhores e prestavam mais atenção.

P.daVila: Além do direito, o senhor tem algum hobby?
J.C.: Sim, adoramos viajar e visitar novas culturas. Conheci o mundo ao lado da minha mulher. Também tinha curiosidade em conhecer as universidades estrangeiras de direito para saber como davam aulas. Escrevi até um livro chamado “Viajando pelos Cinco Continentes”. Graças às inúmeras viagens, me tornei poliglota. Falo espanhol, francês, italiano e inglês.

P.daVila: Qual país mais gostou de conhecer e qual escola de direito estrangeira mais lhe impressionou?
J.C.: Gostei muito de conhecer a França, principalmente Paris. A vida parisiense, a cultura, história e arte de falar são imbatíveis. E o direito francês é o que mais se assemelha ao brasileiro. Com base nisso, escrevi até o livro “Direito Administrativo Comparado”.

P.daVila: O curso de direito no Brasil está atualmente banalizado, ministrado por diversas instituições despreparadas e, por conseqüência, muitos alunos reprovados nos exames da OAB. O problema é com as instituições de ensino ou com a geração de alunos?
J.C.: No Brasil, fundaram faculdades demais. No meu tempo, eram só três faculdades de direito (São Francisco, PUC e Mackenzie). Hoje, só na capital paulista existem umas 15 ou 20 instituições. Isso facilita o direito, que não é mais ensinado como antigamente. Hoje a quantidade prejudica a qualidade. São muitos alunos sem o preparo de antigamente.

P.daVila: Dá para reverter esse quadro?
J.C.: Sim. Acho que o rigoroso exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é uma boa maneira de obrigar aos recém-saídos das faculdades de direito a estudarem mais. Não à toa muitos estudantes são reprovados nele. É um mecanismo para a quantidade ter mais qualidade. Os alunos se preparam mais e fazem até cursinho para passar no exame da ordem.

P.daVila: É possível acabar com a morosidade do poder Judiciário?
J.C.: Acho difícil. Porque existem milhares de casos. E a atual estrutura judiciária não cresceu na mesma proporção dos habitantes do país. Pode diminuir [a lentidão] um pouco, mas não dá  para acabar. Os juízes estão abarrotados de serviço. É uma situação complicada e complexa.

P.daVila: Por que a Justiça no Brasil é lenta para uns e bem rápida para outros, como no caso dos habeas-corpus relâmpagos concedidos para o banqueiro Daniel Dantas, Celso Pitta e cia na Operação Satiagraha?
J.C.:
 Porque aqueles que cometem crimes e têm dinheiro procuram os melhores advogados para se defender. Eles conseguem habeas-corpus de forma rápida, não porque a justiça é célere para uns e devagar para outros, mas por encontrarem brechas na lei. A gente sempre encontra furos nas leis. E a legislação, sobretudo penal, precisa ser revisada urgentemente.

P.daVila: O sr. conheceu grandes personalidades de nossa história…
J.C.: Tive aulas de francês com o prof. Freitas Valle no Ginásio do Estado. Era um homem educadíssimo e aproveitava as aulas para nos ensinar, também, boas maneiras! Um dia me convidou para visitar sua casa, a Villa Kyrial. Ele me apresentou a maravilhosa adega de vinhos e seus quadros de bons pintores. Fui vizinho de Oswald de Andrade, quando morei na Bela Vista. Ele era muito simpático e vivíamos nos visitando. Conheci também Monteiro Lobato, uma pessoa muito neurastênica… Na faculdade, tive aula com o prof. Miguel Reali.

P.daVila: Conte sua história sobre a Vila Mariana. Como considera as transformações do bairro?
J.C.: Quando eu e Agnes nos casamos, em 1950, fomos morar em uma casa que pertencia a minha mãe, na Vila Clementino. Cinco anos depois, fomos conhecer uma gleba de terra que pertencia à  Antartica , que foi dividida em lotes e colocada à venda. Compramos uma parte e construímos nossa casa, na rua França Pinto, 925. Fizemos uma biblioteca para abrigar meus mais de 10 mil livros e ali moramos por 44 anos. Na época, as ruas ainda eram de terra e nem havia prédios. Mudamos para este apartamento (também na França Pinto) em 1999 , tivémos que nos desfazer de vários livros…
De 1950 para cá as transformações foram bem positivas. A Vila Mariana virou hoje um bairro ideal, completo, onde não falta nada. Há bons restaurantes, padarias, shoppings, farmácias, lojas, teatro, cinema… É possível fazer tudo sem ir muito longe. De minha janela, avisto o apartamento onde mora minha filha. Sempre dou um tchauzinho e ela responde!

Edição 75 – Ago/2008

158 comentários sobre “Prof. José Cretella Júnior

  1. Müşteri hizmetleriyle iletişime geçtim ve hızlı ve etkili bir şekilde sorunumu çözdüler, kesinlikle tekrar alışveriş yapacağım, herkese tavsiye ederim, teşekkürler.

  2. This is really interesting, You’re a very skilled blogger. I’ve joined your feed and look forward to seeking more of your magnificent post. Also, I’ve shared your site in my social networks!

  3. Your passion for what you do is evident in every post It’s inspiring to see someone truly fulfilling their purpose and making a positive impact

  4. Wow, I had never thought about it in that way before You have really opened my eyes to a new perspective Keep up the great work!

  5. naturally like your web site however you need to take a look at the spelling on several of your posts. A number of them are rife with spelling problems and I find it very bothersome to tell the truth on the other hand I will surely come again again.

  6. naturally like your web site however you need to take a look at the spelling on several of your posts. A number of them are rife with spelling problems and I find it very bothersome to tell the truth on the other hand I will surely come again again.

  7. Yerden ısıtma, geleneksel radyatörlerin aksine daha temiz ve sessiz bir ısıtma yöntemi sunar. Ayrıca, zeminin yüzeyini ısıtarak toz ve alerjen birikimini azaltabilir, böylece daha sağlıklı bir iç mekan ortamı oluşturabilir. Yerden ısıtma sistemleri, modern bina tasarımlarında ve yenileme projelerinde giderek daha popüler hale gelmektedir. Yerden Isıtma Yerden Isıtma

  8. sms onay denince akıllara her zaman aktifnumara.com gelmiştir beğenerek ve ilgiyle çok taktir ettiğim bir sitedir kendileri sizlerde takip edebilirsiniz gerçekten çok takdir ediyorum sms onay alanında çok başarılılar

  9. Your writing is so relatable and down-to-earth It’s like chatting with a good friend over a cup of coffee Keep sharing your wisdom with us

  10. Your writing is so engaging and easy to read It makes it a pleasure to visit your blog and learn from your insights and experiences

  11. naturally like your web site however you need to take a look at the spelling on several of your posts. A number of them are rife with spelling problems and I find it very bothersome to tell the truth on the other hand I will surely come again again.

  12. I’m grateful for these positive affirmations which instill a sense of peace and wellbeing. It notably underscores the significance of a spiritual, mindfulness-based lifestyle.

  13. I’m often to blogging and i really appreciate your content. The article has actually peaks my interest. I’m going to bookmark your web site and maintain checking for brand spanking new information.

  14. This is really interesting, You’re a very skilled blogger. I’ve joined your feed and look forward to seeking more of your magnificent post. Also, I’ve shared your site in my social networks!

  15. I can say that I like your content and appreciate you. Keep it up.

  16. Such an interesting read! I was completely absorbed while going through this content, and every aspect of it intrigued me. I have a passion for exploring topics like this, and this content aligns perfectly with my interests.

  17. What a fascinating piece of content! I was thoroughly engrossed while reading it, and delving into the intricacies of the topic was a fantastic experience. Exploring subjects like this is a real pleasure for me, and this content definitely hit the mark.

  18. What an intriguing content! I was truly captivated while reading, and diving into the depths of the topic was such a gratifying experience. Exploring such topics and gaining more insights is something I thoroughly enjoy. This content resonates perfectly with my interests.

  19. What an intriguing piece of content! I couldn’t help but be drawn in by it. The complexity and depth of the subject matter truly fascinated me. Spending time with content like this is always a pleasure for me.

  20. Such an interesting read! I was completely absorbed while going through this content, and every aspect of it intrigued me. I have a passion for exploring topics like this, and this content aligns perfectly with my interests.

  21. This content is truly fascinating! I found myself completely engrossed while reading, and each detail only served to further captivate me. Exploring topics like this and delving into their intricacies is something I genuinely enjoy. This content is right up my alley.

  22. What an intriguing content! I was truly captivated while reading, and diving into the depths of the topic was such a gratifying experience. Exploring such topics and gaining more insights is something I thoroughly enjoy. This content resonates perfectly with my interests.

  23. What an intriguing content! I was truly captivated while reading, and diving into the depths of the topic was such a gratifying experience. Exploring such topics and gaining more insights is something I thoroughly enjoy. This content resonates perfectly with my interests.

  24. Hi there to all, for the reason that I am genuinely keen of reading this website’s post to be updated on a regular basis. It carries pleasant stuff.

  25. Harika bir paylaşım, özellikle konunun önemli detayları oldukça net bir şekilde açıklanmış. İnsanları çeşitli karmaşık anahtar kelimelerle yormak yerine, okumaktan keyif alacağı içerikler her zaman daha iyidir. Kaliteli paylaşım adına teşekkür eder, paylaşımlarınızın devamını sabırsızlıkla beklerim.

  26. Discover the tranquil oasis of Hotel Breiðdalsvík, surrounded by the rugged beauty of Iceland’s East Fjords. Breiðdalsheiði Volcano: An ancient volcano with stunning views, ideal for adventurous hikes. Experience genuine small-town hospitality and fresh regional cuisine at breiddalsvik.is.

  27. Discover the tranquil oasis of Hotel Breiðdalsvík, surrounded by the rugged beauty of Iceland’s East Fjords. Meleyri Beach: A charming black sand beach perfect for a relaxing stroll and birdwatching. Experience genuine small-town hospitality and fresh regional cuisine at breiddalsvik.is.

  28. Discover the tranquil oasis of Hotel Breiðdalsvík, surrounded by the rugged beauty of Iceland’s East Fjords. Streitishvarf Lighthouse: Offers beautiful cliff-side views and unique geological phenomena. Experience genuine small-town hospitality and fresh regional cuisine at breiddalsvik.is.

  29. Nice blog here! Also your web site loads up fast! What web host are you using? Can I get your affiliate link to your host? I wish my web site loaded up as quickly as yours lol

  30. Discover the tranquil oasis of Hotel Breiðdalsvík, surrounded by the rugged beauty of Iceland’s East Fjords. Meleyri Beach: A charming black sand beach perfect for a relaxing stroll and birdwatching. Experience genuine small-town hospitality and fresh regional cuisine at breiddalsvik.is.

  31. For the reason that the admin of this site is working, no uncertainty very quickly it will be renowned, due to its quality contents.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.