Entre o mar e as montanhas

Nasci e cresci em São Paulo, mas aos 35 anos resolvi que já era hora de viver outras histórias, ver novos cenários, aprender novas culturas, desenvolver habilidades… Enfim, aventurar-me na vida!

Boa parte dos paulistanos, que pensam ou pensaram como eu, lembram logo da praia. Eu não fui diferente e o destino me levou a Itacaré – sul da Bahia, onde vivi por mais de oito anos, fazendo uma porção de coisas diferentes daquelas que estava acostumada, convivendo com novos sotaques, cores e jeitos de levar a vida. Mas essa já é uma história um pouco distante agora; no final de 2006 resolvi começar um novo capítulo.

Voltei para nossa Vila Mariana, mas minha casa, família e cachorro foram para Gonçalves – MG, cerca de 200 km da capital. Enquanto retomava minhas atividades profissionais na cidade grande, a família começou a produzir compotas e geléias, utilizando matérias primas orgânicas e biodinâmicas – grande vocação de Gonçalves e região. Os negócios foram prosperando e era necessária uma cozinha mais espaçosa. Foi aí que alugamos um local, distante 6 km do centro de Gonçalves, mais precisamente num bairro chamado São Sebastião das Três Orelhas.

Era preciso uma reforma e rápido percebemos que o espaço seria grande demais para somente uma cozinha. E aí, a cozinha se transformou num pequeno bistrô, cercado por gigantescas montanhas verdes, araucárias, manacás da serra, enfim, uma paisagem que nos abraça e nos remete para uma vida mais simples, um cheiro gostoso de café fresco no fogão e os aromas mágicos exalados pelas imensas panelas onde cidras, abóboras, peras, framboesas e mais um sem número de outras frutas estão sendo transformados em doces e geléias saborosas. Assim é o “Sabores da Mantiqueira”, inaugurado recentemente, o mesmo nome carregado pelas embalagens dos doces que produzimos. Com tudo pronto dou meu novo adeus a São Paulo agora para me dedicar exclusivamente ao novo empreendimento e voltar a aprender – desta vez com os habitantes das montanhas.

Está certo, não são raras as ocasiões em que me pego com saudades do mar; com o erguer sonoro das ondas, com a brisa, a linha do horizonte e o sol iluminando tudo. Todavia, o sol passeia também pelas montanhas, aquecendo nossos corpos que armazenam energia e se preparam para o entardecer. E naquele friozinho, envolto à névoa, é hora de preparar a lareira para aquecer o ambiente e nos aconchegar. Perfeito para um vinho que ainda aquece nossas almas.

Bom, isto talvez seja muito pouco para lhes dar a dimensão do lugar e das possibilidades que ele nos oferece. Portanto, fica aqui o convite para uma visita a Gonçalves. Existem diversas alternativas de hospedagem, desde charmosas pousadas até casas ou chalés que podem ser alugados para um final de semana ou temporada. Durante o dia, uma caminhada, um passeio a cavalo, cachoeiras sensacionais, enfim, uma intima convivência com a natureza.

Gastronomia por aqui é um prazer à parte, com muitas opções para todos os paladares; se você gosta de peixe, não pode deixar de provar uma truta – é imperdível.

Mesmo com a vocação agrícola de toda região, o turismo vem crescendo substancialmente graças à bela paisagem, ao clima e também às inúmeras possibilidades de viver bem, próximo à natureza.

Bem, se aceitarem meu convite para visitar Gonçalves, não deixem de dar uma passada no Sabores da Mantiqueira. Nós teremos muito prazer em recebê-los.

Sabores da Mantiqueira – Estrada Gonçalves/São Sebastião – km 6. Fone: 35-9993.7479