O que vocês podem entender por Superação de Amor?

Vou começar a explicar de forma clara e objetiva a minha vivência pessoal.


Nasci com luxação congênita (desencaixe da cabeça do fêmur com o quadril) dos dois lados, sendo que o direito ficou mais afetado.


Quando comecei a estudar, recebi meu primeiro bullying e, apesar do choro inicial, minha mãezinha, Mariinha, dirigiu muito afeto e atenção especial. Indicou, em primeiro lugar, o que o meu corpo tinha de normal e, por último, destacou, de forma muito amorosa, o que havia com o meu quadril. Disse para eu não ficar mais triste e nem chorosa quando alguém me chamasse de “aleijada”, “perna curta” ou “aleijão”. Eu tinha muito mais coisas “boas” e “normais” do que aquela parte que provocava a fala das outras crianças.

E assim, fui construindo, entre idas e vindas de hospitais, a minha vida, sempre buscando os meus sonhos.

O meu primeiro emprego foi com 16 de idade, num Banco. Na época era um sonho muito almejado pelas pessoas. Adorei! Passei por várias experiências de trabalho e todas me acrescentaram.

Hoje possuo duas graduações. E vocês poderão me perguntar: como? De que modo eu havia vencido tudo isso? Trabalhava e estudava arduamente; nunca me senti excluída, em nenhum momento, pela sociedade. Eu falava a mesma linguagem das pessoas, ou seja, colocava a minha inteligência em exercício.

Iniciei o Mestrado pela Unifesp, junto ao Setor de Psiquiatria, tendo conseguido nota máxima pela bancada de apreciação do meu projeto. Infelizmente, a Orientadora não pôde dar continuidade, por estar com muitos alunos (orientandos). Nessa época fiquei chateada, sim! Mas prossegui. Não quis mais me candidatar a nenhum Mestrado; apenas continuei clinicando.

Hoje sou aposentada por Invalidez pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, o que foi maravilhoso, porque pude manter-me como Psicóloga Clínica, como estou até hoje.

Sempre tive muitos amigos e, com o tempo, conheci o meu marido, que veio a me completar. Mas, infelizmente, hoje sou viúva.


Os “nãos” que recebi ao longo de minha vida, só me alavancaram para alçar outros voos. Nada me paralisa!


Leitores deste artigo, o que quero demonstrar a vocês é que, mesmo que recebamos negativas, cortes etc., a vida continua nos propiciando sonhos e objetivos! Não podemos ficar estacionados e incapazes frente aos “nãos” que a sociedade nos impõe! Somos capazes de atingi-los e eu sou prova disso. Sigamos sempre em frente, buscando os nossos sonhos e objetivos.


Sou, também, escritora. Meu primeiro livro, “Escolhi Ser Feliz – Uma vida de Superação” (2019), encontra-se nas livrarias Martins Fontes e Cultura – Unidade Av. Paulista.


Há bem pouco tempo – no último ano (2020) – coloquei outro sonho em prática: abri uma Consultoria na área de Psicologia. Venha nos conhecer, a mim e a minhas parceiras, através do site www.conquistahconsultoriapsicologica.com.br.


Eu, Eliana Aparecida Conquista, com 64 anos, vivendo os dias da Pandemia que assolou o nosso país e o restante do planeta, continuo trabalhando, atendendo on line aos pacientes, com muitos sonhos a alçar e espero realizar todos os meus objetivos, com muita saúde física.


Sempre sorrindo para a vida e levando amor a todas as pessoas que me procuram.

Eliana Aparecida Conquista
Crp/SP 06/42479

Eliana Aparecida Conquistah Consultoria em Psicologia
CNPJ: 36.586.648/0001-39 – Crp/SP 06/8377J