ATITUDE
- Edição 79 - Dez/2008
Jean Massumi

Comilança no Natal

Nesta época de fim de ano, é muito comum cometermos excessos na alimentação. Geralmente comida de Natal é sinônimo de alimentos calóricos. Doces fantásticos, carnes, presunto, maionese etc. E depois do ano novo pagamos a conta, seja nos quilinhos a mais ou no mau funcionamento do sistema digestivo.

Estava folheando meu velho caderno de terapias orientais e achei um capítulo, sobre alimentação, que tentarei resumir nesse espaço.

Para os antigos orientais, quase tudo na vida respondia a duas teorias: o yin/yang e a teoria dos cinco elementos. Inclusive a alimentação. Na teoria dos cinco elementos, uma mesa saudável era aquela que possuía alimentos dos 5 sabores: adocicado, picante, salgado, azedo e amargo.E também de cinco cores: amarelo, branco, preto, verde e vermelho.Primeiro comíamos com os olhos: as cores são fundamentais para estimular nosso  paladar.Depois passamos aos aromas e sabores. Isso vale para qualquer refeição.Uma possível dificuldade é achar alimentos de cor preta. Mas a influencia da colônia  oriental já melhorou bastante essa carência. Hoje temos o molho de soja, algas e conservas, que encontramos em qualquer sacolão, e claro, nossa querida berinjela.

Frutas, verduras, grãos, massas, carnes, enfim tudo está incluído, basta lembrar dos cinco sabores e das cinco cores.

O difícil é dosar a quantidade: aquilo que couber nas duas mãos juntas em concha, mais uma tigela de arroz branco. E não vale ficar equilibrando porções altas,O.K.?

Desejo a todos um excelente e verdadeiro Natal. E que a emoção do dia 25 de dezembro esteja em nossos corações nos outros 364 dias do ano...


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019