ATITUDE
- Edição 68 - Dez/2007
Jean Massumi

Orações Terapêuticas II

Queridos leitores do Pedaço,vocês não imaginam a quantidade de e-mails que recebi em virtude da última coluna. Foram inúmeros relatos, muitos me emocionaram, narrando recuperações dadas como impossíveis, em nome da fé.

A certeza e força nas palavras dessas pessoas me fazem crer o quanto estamos diante de um grande aliado na busca pela cura. Talvez não apenas um aliado, mas "a grande solução". Foram casos de "corpos exauridos pela infecção generalizada", "fraturas expostas que se consolidaram em idosos", "respostas animadoras à depressão", fora os casos rotineiros .

Não sou filósofo, teólogo nem psicólogo, mas gostaria de deixar a minha visão depois de ler tantas histórias bonitas. É como se dentro de cada um existisse uma fogueira que queima constantemente e cujo calor nos impulsiona em todas as atividades da vida. Com o passar dos anos essa fogueira vai diminuindo de intensidade e vamos experimentando as dificuldades da velhice. Nas pessoas doentes, essa fogueira também diminui e com a oração damos lenha para incendiá-la novamente.

A oração sem fé é como a lenha úmida: só faz fumaça.Os extremamente racionais e materialistas aceitam a lenha de apenas um tipo de madeira e se fecham para o resto.Acabam procurando mogno, numa floresta de eucaliptos...

Gostaria de presentear a leitora Priscila Belz, com uma massagem pela singela mensagem de fé.

Feliz Natal a todos vocês e obrigado pelo carinho que recebi ao longo deste ano.


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019