ATITUDE
- Edição 68 - Dez/2007
Maario Morinn

Marte - planeta regente de 2008

Saudações astrais e meu agradecimento por tê-los mais um ano como nosso leitor. Através de uma lei cosmológica, a cada ano um planeta se adianta aos outros e rege a influência sobre a Terra, sendo portanto a tônica dos principais eventos. Marte tem influência bem conhecida pelos astrólogos. Trata de liderança, conquistas, agressividade, guerras e seus principais atributos são sinceridade e coragem!

Na mitologia encontramos o Ares Grego e o Marte Romano: Ares grego, o deus da guerra, era associado a coragem cega, a violência, a raiva descontrolada e sem sentido. Já o Marte romano estava associado ao crescimento e ao vir a ser, tendo a honra e a virtude como seus principais escudeiros.

Assim vemos uma interpretação diferente da natureza e da qualidade paradoxal deste planeta. E algumas vezes esses dois fatores podem estar misturados um com ao outro. Sem dúvida a agressividade humana é um dom divino, que protege e ajuda a ocuparmos nosso espaço no mundo. Quando não liberamos nossa agressividade positiva, acabamos nos agredindo desnecessariamente. Em um ano tão importante, seguem algumas reflexões:

1- De que maneira você trabalha sua energia agressiva?

2- Exterioriza ou reprime?

3- Como você se posiciona ante sua energia agressiva?

a) Fica com medo? b) A deprecia? c) Procura satisfazê-la?

d) Aproveita-se dela? e) Nunca a sentiu? f) Existem situações ou pessoas que a produzem?

Podemos ver portanto que existem dois caminhos para se trabalhar a agressividade. Reprimi-la e assumir os males provenientes ou exteriorizá-la - de forma construtiva ou não.

Quero aproveitar o momento e desejar um grande ano a todos os leitores: pulso firme, coragem e responsabilidade em suas ações. Que suas conquistas lhes tragam liberdade e aprendizado e que o Grande Fogo Sagrado reascenda as paixões divinas em cada coração: pelo trabalho, pela família, pelos estudos, pelos amigos, e principalmente a paixão por Você mesmo(a)! Luz e paz!


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019