UMAS E OUTRAS
06/10/2019 - Edição 197 - Out/2019
Denise Delfim

A Praça é dele!
Chiquinho Villano dispensa apresentações. O barbeiro da Vila Mariana, que trabalhou dos 11 até 98 anos no pedaço, foi o vizinho mais popular do bairro. 
Seu Chiquinho faleceu no dia 4 de abril do ano passado aos 101 anos e, no mês seguinte, fomos pesquisar na subprefeitura VM se havia uma praça inominada para homenageá-lo.
Foram dadas duas opções: uma na Rua Sena Madureira e a outra na Rua Rui Grande com Mário Cardim. A escolha do local coube à filha de Seu Chiquinho, a vizinha Ilda Villano. “Moramos na Rua Rio Grande por 40 anos, ao lado da praça”, explicou.
No dia 5 de setembro foi publicado no Diário Oficial a Lei Nº 17.171, DE 4 de setembro de 2019 (Projeto De Lei Nº 270/18, do vereador Gilberto Natalini – PV). “O Prefeito Bruno Covas, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, faz saber que a Câmara Municipal, nos termos do disposto no inciso I do artigo 84 do seu Regimento Interno, denomina Praça Seu Chiquinho Villano o logradouro que especifica, localizado no Distrito de Vila Mariana, Subprefeitura de Vila Mariana”. No entanto, segue no art.2º, “as despesas decorrentes da execução desta Lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário”.  
Tanto a família como a vizinhança comemoraram a nova praça e até um projeto para sua revitalização foi apresentado pela arquiteta Riciane Pombo, vizinha do local e membro da diretoria da AVM. O projeto consiste num espaço público multifuncional associado à aplicação de dispositivos de infraestrutura verde, como, por exemplo, um jardim de chuva. Vale destacar que por baixo da Rua Mário Cardim passa o Córrego do Sapateiro. O projeto é assinado também por Adriana Sandre, sócia de Riciane na empresa Guajava Paisagens Urbanas.
Agora a meta é buscar recursos para custear a revitalização da praça – e por que não? – um busto de Seu Chiquinho para ser instalado em sua praça. “Eu ajudo a angariar recursos”, disse a filha Ilda. 
A placa com o nome “Chiquinho Villano” será confeccionada e instalada gratuitamente pela CET e a subprefeitura da Vila Mariana já prometeu ajudar com a mão de obra.  “Estamos pensando em fazer uma vaquinha pela internet. Se seu Chiquinho cortou os cabelos de cinco gerações do bairro, doador não vai faltar!”, acredita Denise Delfim, editora do Pedaço da Vila.
 

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019