DICAS E DELÍCIAS
01/08/2018 - Edição 184 - Jul/2018
Maria Helena Serrano

Ser ou não ser vegano?

Vegano, ser ou não ser... É uma questão! Desde que me tornei empresária no ramo da alimentação, venho aprendendo a cada dia sobre o gosto e atitudes que levam a querer comer esse ou aquele ingrediente. Sempre fui e sou muito eclética na escolha dos ingredientes. Penso que o ideal é comer de tudo um pouco, o mais variado possível, com qualidade, produtos cultivados sem agrotóxicos e de preferência legumes, hortaliças e frutas da estação. 

Para mim, uma boa alimentação tem que ser bem-feita, com ingredientes de boa procedência e uma dieta equilibrada — tudo para termos uma boa saúde. Já faz algum tempo que meus clientes pedem opções veganas; vegetarianas sempre produzimos. Os veganos são radicais quando não aceitam um molho de salada que contem mel de abelhas? 
 
O veganismo não aceita nada que tenha origem animal. Uma refeição sem carnes, leite, queijos, ovos e mel. Concordo com o veganismo em relação à crueldade com os animais. Mas ao mesmo tempo, os animais criados soltos, com boa alimentação, sendo abatidos sem crueldades, são úteis à nossa dieta. A galinha criada livre e solta botará seus ovos mais feliz!
 
Temos hoje opções veganas em quase todos os restaurantes, virou uma tendência muito forte! Mas devemos tomar cuidado com a falta de nutrientes que uma dieta vegana radical poderá nos trazer. 
 
Há um aumento de feiras e restaurantes veganos aqui na Vila Mariana e em quase toda a cidade. Como fazer um quindim ou uma queijadinha sem gemas e leite? Como fazer uma mousse de chocolate sem creme de leite? Uma massa sem ovos e queijos? Iogurte sem leite? Hambúrguer, feijoada, quibe, todos sem carne? Uma moqueca sem peixe? Sim, tudo é possível, mas não teremos o mesmo sabor e nutrientes. 
 
Ser ou não ser vegano? Esse é um assunto complexo. Procuro usar no dia a dia cosméticos  sem conservantes e que não fazem testes em animais, como é o caso da linha produzida pela
vizinha Surya do Brasil. E comprar produtos orgânicos na esquina de casa, no mercado da Korin. Privilégios de quem mora na Vila Mariana!
 
Ao meu público que pedia opções veganas, criei alguns pratos salgados e doces. Dois deles, um salgado e um doce, são os que vou ensinar nesta edição: Moqueca de banana da terra e Mousse de chocolate.
 
Mousse de Chocolate
 
INGREDIENTES: 1 xíc. de chá de tâmaras (de molho em àgua por 2 horas); 1 polpa de um abacate; 3 colheres de sopa de cacau puro; 1 pitada de sal; 1 colher de chá de essência de Baunilha ; suco de 1 laranja; raspas de laranja.
MODO DE FAZER: Bater no liquidificador, sem a água do molho das tâmaras, todos os ingredientes. Decore com as raspas de laranja
 
Moqueca vegana de banana da terra
 
INGREDIENTES: 4 bananas-da-terra maduras; 2 tomates grandes/ 1 pimentão verde, 1 pimentão vermelho ou amarelo); 1 cebola; 250ml de leite de coco; 3 colheres de sopa de azeite de dendê; 1/2 suco de limão; coentro ou salsinha a gosto; 2 dentes de alho; 1 colher de chá de sal.
MODO DE FAZER: Descasque as bananas e corte cada uma em rodelas.Tempere-as com suco de limão e sal, reserve. Enquanto as bananas estiverem marinando, prepare os demais ingredientes. Corte a cebola, os pimentões e os tomates (com ou sem casca) em cubinhos, pique os dentes de alho e o coentro ou a salsinha.
Em uma panela grande adicione o azeite de dendê. Refogue a cebola até murchar e ficar translúcida. Depois, adicione o alho e refogue até dourar. Acrescente o pimentão e os tomates, refogue por alguns minutos. Distribua as bananas na panela formando uma camada. Por último, adicione o leite de coco. Baixe o fogo e cozinhe por cerca de 15 minutos até o caldo engrossar. Utilize uma tampa semiaberta para manter o sabor e o aroma.Finalize adicionando o coentro ou a salsinha picada.cozinhar lentamente. 
 
Maria Helena Serrano é chefe de confeitaria desde 1994,  frequentou a École Lenôtre em Paris  e é proprietária da Quinto Pecado Café Bistrô: Rua Cel. Artur de Godoi, 12. 
www.quintopecadodoces.com.br mariahelena@qpecado.com

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2018