ATITUDE
11/12/2017 - Edição 178 - Dez/2017

Me dêem as mãos, por favor!

Tenho a profissão de massoterapeuta, e como tal, no início me concentrei nas soluções das dores do corpo. Sempre quis conhecer causas, como perceber os desequilíbrios e principalmente como tratá-los. Já contei aqui uma vez que procurei vários professores, em vários lugares, em busca de técnicas diferentes para melhor tratar dores, contraturas, falta de energia e tensão.

Num segundo momento, constatei que os pacientes tinham a necessidade de falar. Não só na anamnese, mas dividir diversos tipos de fardo, conversando durante a massagem. Me contavam sobre relacionamentos, família, trabalho e dificuldades. Algumas vezes eram viagens, conquistas e alegrias. Escuto tudo sempre com muita atenção e até carinho, tanto que me tornei amigo de muitos deles.
 
Quase concomitantemente, verifiquei a importância da fé, de uma orientação espiritual, algo que transcendia a materialidade e o mundo. Percebi que o objeto da fé (e são inúmeros) deixa o sujeito mais forte, mais esperançoso e é muito mais que uma aliada...é um fio condutor de existência.
 
Fim de 2017, resoluções de ano novo à vista, e tenho uma nova mudança em mente. Uma proposta que fundamentalmente necessita da participação de todos os amigos do Pedaço: PRECISAMOS DEBATER A EDUCAÇÃO. Precisamos conversar sobre caminhos que nos levem a mudanças urgentes na forma como vivenciamos a Educação. A nossa própria e de nossos pequenos. 
 
Ofereço esse espaço para todos os leitores que quiserem iniciar debates sobre esse tema. A reflexão e o empenho precisam vir de todos, pois o cenário é apocalíptico.
Tenho feito alguns trabalhos sobre isso, e fica muito difícil permanecer como um “realista esperançoso” (nas palavras do saudoso Ariano Suassuna) diante de tanta malvadeza.
 
Malvadeza sim, pois nada é tão desumano quanto condenar o futuro de uma criatura à falta de perspectiva. Não podemos pensar em soluções apenas em outubro, ouvindo propostas estéreis em sua maioria. A mobilização urge, assim como urge uma luz nesse túnel tão escuro.
 
Que 2018 seja um ano de ótimas escolhas e que o Todo-Poderoso abençoe a cada uma delas... grande abraço
 
Jean Massumi é massoterapeuta
Rua Morgado de Mateus, 596.  Tel. 5908.0121    jmhara@uol.com.br

 


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019