ATITUDE
21/07/2017 - Edição 173 - Jul/2017
Jean Massumi

Mexendo o corpo

Dando continuidade ao que falávamos na coluna anterior, esse mês refletiremos um pouco sobre os exercícios físicos e a forma como utilizamos esse importante recurso de maneira muitas vezes equivocada.

Já são muito conhecidos os benefícios colhidos por aqueles que praticam uma atividade física regular, especialmente analisando fatores que determinam qualidade de vida. No entanto, os objetivos dessa prática têm mudado ao longo do tempo, e se concentrado no aspecto predominantemente estético. Ao invés de procurar uma atividade compatível com as necessidades e/ou capacidade físicas, muita gente num primeiro momento pergunta “quantas calorias queima por hora”, e partem do pressuposto que quanto mais “queimar”melhor.
 
Na ânsia de criar um déficit calórico e promover uma perda de gordura ou hipertrofia muscular, se dá um passo maior que a perna e a colheita vem na forma de lesões, dores e frustrações.
 
Nos mais de 20 anos que atuo na área de massoterapia, presencio quase diariamente algumas dessas” colheitas “e gostaria de fazer um apelo: A menos que você seja um atleta profissional, ESQUEÇA PRAZOS!!!Ninguém precisa perder 10kg em 2 meses. Ninguém precisa se matar na academia na primavera para chegar “sheipado”no verão. Precisamos de exercícios o ano todo. Precisamos mexer o corpo a vida toda!!
 
O tão almejado “corpo dos meus sonhos “não é o corpo do ator X ou do atleta Principalmente por 2 motivos: Não sabemos o que o ator X faz diariamente para ter aquele físico. E outra, a nossa individualidade biológica pode nos levar a outro tipo de condição morfológica. O corpo dos sonhos é o nosso mesmo, funcionando legal, e quem sabe até melhorado.
 
Não posso cometer a insensatez de dizer que não existe uma pressão social em torno da forma física. E essa pressão abriu um campo enorme para outras atuações: industrias e serviços ditos “essenciais” para se chegar nesses objetivos. Os famosos “milagres”. Só que não podemos ser reféns disso, arrastados pela exigência de um momento…quem sabe um dia, possamos todos sentir a alegria e a gratidão de viver além das expectativas.
Abração pessoal
 
Jean Massumi é massoterapeuta
Rua Morgado de Mateus, 596.  Tel. 5908.0121    jmhara@uol.com.br

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2017