ATITUDE
06/07/2017 - Edição 172 - Jun/2017
Jean Massumi

Emagrecendo Maus Hábitos

Faz um tempinho já, mas abordei aqui no Pedaço certa vez, alguns equívocos que as pessoas cometem em nome de um objetivo chamado... emagrecimento. Citei o caso dos “cremes milagrosos”, do rolinho de madeira etc. ...numa tentativa de esclarecer ou quem sabe lançar uma luz mais profunda no processo, já que a empolgação afetava muito mais a saúde do que as células adiposas. Escolhi o tema novamente pois acredito com todas as convicções que compartilhar aprendizados e reflexões é um agradável caminho. 

Aqueles que praticam atividades físicas percebem que nos meses frios (como o que estamos) existe uma baixa demográfica facilmente constatada. Academias, clubes e parques sofrem um esvaziamento sintomático repetido ano após ano, logo, nada melhor que essa época para iniciarmos nossos processos de conscientização.
 
Quando falamos em FRIO, duas expressões vêm à mente da maioria de nós: preguiça e vontade de comer. E por uma infelicidade estética (mas ao mesmo tempo benção fisiológica) o resultado prático dessa combinação é: GORDURA. Gordura é a forma mais eficaz, encontrada em nosso processo evolutivo, para armazenamento de ENERGIA.1 KG de gordura gera aproximadamente 7000kcal de energia. Numa matemática simples, se você engorda 5 kg no inverno, seu corpo armazena 35000kcal de potencial energético. Só que com a chegada da primavera existe um afloramento do senso estético, e um sentimento de urgência toma conta de nós: PRECISAMOS PERDER 5 KG DE GORDURA!!!Bom, aí é que começam os problemas. Precisamos perder 35000 kcal de energia em tempo recorde!!
 
Agora, outra matemática simples: um ser humano na fase adulta necessita aproximadamente entre 1800 e 2500 kcal para VIVER mantendo o peso. Esse número depende de vários fatores. Qualquer coisa abaixo disso significa emagrecer. Qualquer coisa acima disso significa engordar. Se tirarmos 120 kcal por dia de nossas necessidades diárias, no final de 1 mês teremos deixado de consumir 3600 kcal. Ou seja: o equivalente a um pouco mais de meio quilo de gordura. Para perdermos os 5 kg acumulados no inverno serão necessários 10 meses de controle.
 
Progressivamente os dias vão esquentando, as roupas vão ficando mais curtas, e as gordurinhas acumuladas no inverno custando a sair (pois elas também obedecem ao mesmo processo fisiológico) e temos a equação que resulta em medidas desesperadas e estragam a saúde. Daí meu apelo: se isso realmente é importante para nós, cuidemo-nos o tempo todo.
 
A saúde não é sazonal. Procuremos um nutricionista, um nutrólogo - ou qualquer outro profissional qualificado. Tenhamos uma estratégia realista. E sobretudo: REFLITAMOS SOBRE COMO ESTAMOS NOS TRANSFORMANDO...
 
Grande abraço e até a próxima...
 
Jean Massumi é massoterapeuta
Rua Morgado de Mateus, 596.  Tel. 5908.0121    jmhara@uol.com.br

 


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019