UMAS E OUTRAS
21/12/2016 - Edição 167 - Dez/2016
Da Redação

Retrato do desamparo

O número de pessoas em situação de rua disparou com a crise que assola o país. Muitos vizinhos estão impressionados com a quantidade de crianças, adultos, mães, idosos e famílias inteiras desamparadas pelas ruas do bairro. 

De acordo com o último censo sobre moradores de rua da cidade, feito em 2015 pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), São Paulo abrigava 15.905 pessoas nessa situação; na Vila Mariana eram 146.
 
Embora não haja uma pesquisa recente, é fácil notar o agravo desse cenário. Nos terminais de ônibus Ana Rosa e Vila Mariana, os bancos de con-creto são usados como camas na madrugada. Pelas ruas a cena se repete, como a família que se instalou em uma barraca na Av. Dante Pazzanese.
 
No mês passado, o Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS) da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMADS) atendeu 218 pessoas em situação de rua na Vila Mariana; foram 142 homens e 76 mulheres. 
 
Desses, 88 foram encaminhados aos Centros de Acolhida da prefeitura. Hoje são 80 casas desse tipo em toda a cidade, em modalidades para homens, mulheres, transexuais, famílias e imigrantes. Juntas somam 10 mil vagas. 
 
Outra demanda da Assistência Social no bairro tem sido o atendimento a crianças e adolescentes que praticam a mendicância. Muitas vêm de outras regiões com suas famílias. No mês passado foram atendidas 47 delas.
 
Quanto aos usuários de crack, eles são encaminhados para o programa De Braços Abertos, que realiza trabalhos integrados nas áreas de assistência social, hospedagem, direitos humanos, saúde e trabalho. Embora os usuários também tenham aumentado no bairro, não existem dados oficiais.
 
Se as políticas públicas não dão conta de tanta desigualdade, cabe a cada um de nós fazer a nossa parte: diminuir o grau de tensão e refletir sobre as raízes do problema, sem generalizações. Colocar-se no lugar do outro é o primeiro exercício!

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2017