MEMÓRIAS DA VILA
24/10/2016 - Edição 165 - Out/2016
Francisco Villano

A maior chuva da cidade

A Vila Mariana foi formada entre córregos, todos desaguavam nos vários lagos que existiam no Campo de Barretos,uma várzea onde hoje é o Parque Ibirapuera. 

Em 1929 aconteceu a maior chuva de São Paulo, foram três meses ininterruptos, e o Rio Pinheiros transbordou e chegou até o Campo de Barretos. Foi tanta chuva que o Monte Serrat, em Santos, desmoronou. E como nossas ruas eram de terra, as carroças atolavam e o barro tomou conta das casas. Imagine então como ficou a várzea, eram lagoas que não acabavam mais e fomos proibidos de brincar por lá. Ficou muito perigoso...
 
Francisco Villano é Ministro do Trabalho da República de Vila Mariana

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2017