UMAS E OUTRAS
17/12/2014 - Edição 145 - Dez/2014
Da Redação

Homenagem

O Monumento em Homenagem aos Mortos e Desaparecidos Políticos foi inaugurado, no dia 8 de dezembro, no portão 10 do Parque Ibirapuera. Obra de  Ricardo Ohtake, compõe-se de cinco placas brancas, com os nomes dos 465 mortos durante a ditadura militar, e de outras 21, com aspecto enferrujado “como se fosse lanças”, segundo o artista. 

O evento contou com a presença de políticos, intelectuais e das famílias dos homenageados. O prefeito, Fernando Haddad, ressaltou que o Parque Ibirapuera foi estratégico para a instalação “por sua importância história e quantidade de visitantes que recebe.” O monumento está localizado próximo ao antigo Quartel General do Exército e ao 36º DP (antigo DOI-Codi), centro de tortura do regime,  tombado este ano pelo Condephaat.
 
A ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, Ideli Salvatti (na foto ao lado do subprefeito da Vila Mariana, João Carlos da Silva Martin), declarou ao Pedaço da Vila: “Esse monumento se encaixa em uma série de ações para garantir a memória, a verdade e a justiça nesse país que passou 21 anos de uma cruel ditadura civil e militar. Essa memória não pode se perder, principalmente junto às gerações que não vivenciaram o significado do sofrimento, do desmonte e da falta de liberdade”. 

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2018