ATITUDE
28/10/2014 - Edição 143 - Out/2014
Autor 100012

Crise da Água!

O nível do reservatório Cantareira não para de despencar. Esta situação, que já está se prolongando por meses, está tomando proporções gravíssimas. Vocês já imaginaram uma cidade como São Paulo sem água? Como as pessoas vão reagir?  Serão cordiais? Como será a corrida aos supermercados? Vamos ter de trazer caminhões pipas de outras regiões? Vamos ter de beber água de baixa qualidade de outras fontes?

 
Sem sermos alarmista, todas essas possibilidades são reais e podem acontecer muito em breve para grande parte da população da cidade de São Paulo. Por isso, se cada um fizer sua parte economizando água e mudando seus hábitos, quem sabe ela poderia durar um pouco mais. E se São Pedro ajudar, mandando muita chuva, melhor ainda...
 
Independentemente da fonte de água ser Cantareira ou Billings, nossa relação com as águas foi deturpada nos últimos tempos, ao invés de um respeito pelo que é sagrado e essencial para a nossa sobrevivência, nos foi passado que elas são um problema, que causam inundações, atrapalham o trânsito, atrapalham as plantações e as construções, e que preservar as matas seria um prejuízo para o nosso desenvolvimento etc.. Por isso nossa cidade tem mais de 700 rios e córregos canalizados correndo por baixo da terra. Com isso acabamos perdendo o contato com elas. 
 
É muito importante resgatarmos essa relação de gratidão e reverência às nossas águas imediatamente. Devemos pedir perdão por todos os abusos e poluição que a ela fizemos e nos reconciliarmos com as águas — só assim o equilíbrio na natureza poderá ser reestabelecido. 
 
Neste mês das Crianças vamos deixar para nossos filhos e netos um bom exemplo de humildade, revendo nossos hábitos, valorizando aquilo que é essencial à vida e não ao supérfluo e deixando um exemplo de mãe que cuida da sua família, da sua casa e da sua cidade.
 
Vamos ajudar a Mãe do Mundo a restabelecer a harmonia no planeta.
 
Victor Leon Ades
Coordenador de Projetos e Nucleador de Economia do Ecobairro
www.ecobairro.org.br

Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019