UMAS E OUTRAS
- Edição 106 - Jun/2011
Zaqueu Fogaça

Novinha em folha!

O que fazer quando nos deparamos com uma folha em branco à nossa frente? Esse impasse diante das inúmeras possibilidades de criação que um papel em branco pode despertar na criança faz parte do enredo de "Novinha em Folha", espetáculo circense infantil adaptado por Ricardo Homuth do poema "Folha", de sua própria autoria.

Em cartaz no Teatro União Cultural, a peça entrelaça a linguagem lúdica do "novo circo" com o teatro tradicional. "A peça procura estimular a escrita e o desenho, e ainda conse-gue transmitir noções de cidadania às crianças", diz Ricardo Homuth, diretor geral do espetáculo.

Ricardo nasceu e cresceu no pedaço. "Comprava pão na Macau, jogava taco na rua, pulava o muro das casas para brincar de esconde-esconde. Ainda vi o bonde fazer sua última viagem, ao passar em frente ao Instituto Biológico, onde era meu parque oficial", recorda.

A peça narra a saga de uma folha em branco que, ao ser carregada pelo vento, repousa sobre a mesa de desenho de Lola (Isadora Ferrite) e Batata (Carlos Baldim). Enquanto um sabe apenas desenhar, o outro só sabe escrever. É assim que começa a viagem pelo universo dos desenhos e das letras. "Neste mundo criativo, a folha irá até a China como carta, virará um barquinho de papel e, ao final, passará poruma reciclagem, para ficar novinha de novo", adianta.

O cenário inflável criado pela designer Rosa Berger e a trilha sonora, composta especial-mente para o espetáculo pelo maestro Zezo de Almeida, dão vida ao mundo imaginário da folha, interpretada simultaneamente pelas atrizes circenses Natália Presser e Gabriela Bernardo.

Ricardo sente saudades do bairro. Embora parte de sua família ainda resida na Rua Áurea, seus pais acabaram de se mudar para uma chácara fora da cidade: "Minha mãe, futura nonagenária, tem saudades da Vila, dos amigos que fez ali, dos que se foram e dos que ainda estão. Eu também tenho; não moro mais na Vila, agora é a Vila que mora em mim".

O espetáculo "Novinha em Folha" está em cartaz no Teatro União Cultural: Rua Mário Amaral, 209 – Paraíso. Tel.: 2148-2905. Sábados e domingos, às 16h. Quanto: R$ 30 inteira, R$ 15 meia (até 3 de julho).


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2018