ATITUDE
- Edição 86 - Ago/2009
Denise Delfim

Fazendo a diferença

Moradora da rua Rio Grande, a jornalista e ambientalista Nice Ribeiro conseguiu que 150 mil litros de água da piscina do condomínio vizinho, Spazio Clube, fossem retirados para reuso, o que nunca havia sido feito pela Sabesp, segundo agentes do órgão.

"Tudo começou quando fui conhecer o prédio entregue recentemente. Queria saber se eles tinham hidrômetro individualizado, pois sou enérgica no uso da água

e quero saber o quanto gasto e pagar somente por isto. Não quero assumir financeiramente a insensibilidade e irresponsabilidade alheia e geral no trato com água". O zelador então informou à Nice que iriam reformar sua piscina que tem 25m de comprimento por 7m de largura e que teriam de jogar fora 150 mil litros de água tratada. Nice ao saber do desperdício entrou em contato com a Sabesp, Prefeitura e Corpo de Bombeiros, sendo que todos recusaram alegando problemas de coleta e transporte da água, além de afirmarem não possuir bombas de sucção para a retirada do volume.

Inconformada, Nice recorreu à assessora de imprensa e sua amiga, Ana Maria Freitas que topou a briga. Enviou então para a imprensa e os jornais do Grupo Estado gostaram da sugestão de pauta e publicaram uma extensa matéria sobre o fato.

Depois disso, em menos de uma semana o problema começou a ser solucionado e no dia, 4 de agosto, técnicos da Sabesp disponibilizaram mangueiras e caminhões para a retirada da água que será destinada para a lavagem de ruas da cidade.

"Apesar de não ser moradora do condomínio, o problema também é meu, já que moro no planeta!", branda Nice que também alerta às pessoas para o fato de que a despeito de mal terem o suficiente para o próprio consumo, continuam com o hábito de perpetuar o desperdício: "É tão comum ouvirmos o jargão ‘não tenho dinheiro para jogar no ralo’, mas jogamos o que não temos e o que é ainda mais precioso que dinheiro: água.".


Comentários
Inclua um comentário











 
Todos os direitos reservados - Pedaço da Vila - 2019